Erros comuns de envio de arquivos para impressão

Erros comuns de envio de arquivos para impressão

Muitas vezes o empreendedor pode achar que o problema da impressão, foi proveniente da impressora, mas não. Na maioria das vezes, o problema está relacionado aos erros comuns, na hora de enviar os arquivos.

Conheça agora os erros mais frequentes e que prejudicam a impressão:

Primeiro erro: Arquivos de imagens, preenchimentos ou contornos em formato RGB

No processo de impressão offset ou do tipo flexografia, se costuma utilizar cores CMYK e que em português significa: C de ciano, M de magenta, Y de amarelo e K de preto, que são cores substratas.

Para imprimir cores em RGB – R vermelho, G verde e B azul, é preciso fazer uma conversão pelo software automaticamente para CMYK, e ainda assim, essa conversão não é fiel, por conta da gama de cores em RGB é bem maior, do que a do CMKY.

Principais erros de impressao

Por este motivo, que na maioria das vezes, ao enviar aquele material com a cor azul royal, o que sai é um roxo que não chega aos pés do desejado.

Outro problema associado ao RBG é o desencaixe de cores que sempre aparece em cores como preto ou com fontes pequenas.

Para que a impressão saia como desejado, é preciso configurar as cores diretamente no software.

Segundo erro: Imagem de baixa resolução

Muitas pessoas acabam querendo trabalhar com imagens baixadas da internet, o que consequentemente, representa uma perda de resolução. Geralmente a resolução alcançada pela web é de 72 dpi, no entanto, para que haja uma boa impressão é requerido que o dpi seja pelo menos de 300. De outra maneira, as imagens ficam embaçadas, se perde a definição e pode até refletir em quadradinhos nas bordas, não ficando legal.

Terceiro erro: editoração ineficiente

Os programas em Wor, Excel, ou Power Point não são programas de editoração gráfica e, portanto, não são recomendáveis para o trabalho de impressão.

Estes programas não são capazes de compreender as informações necessárias de resolução em CMKY, por este motivo não são recomendados.

Os melhores programas são: Corel, Indesign, Photoshop ou Illustrator.

Quarto erro: margem de segurança

Principais erros de impressao

Os documentos (imagens ou textos) que precisam ser refilados, devem ter uma distância mínima de 3 mm da borda do papel para os impressos com menos de 8 páginas e que estejam acima de 7mm – nos casos de mais páginas. Isso é necessário por muitos motivos:

  • Estética – não existe nada mais feio do que um texto colado na borda de um folheto.
  • Variação de máquina – o processo gráfico pode gerar muitos incidentes, como problemas com o equipamento desregulado, falha humana ou pouca precisão. Dessa maneira, a impressão pode ser toda arruinada e pior, sem chances de reparo.

Quinto erro: Sombra, texturas e efeitos

É preciso ter muito cuidado com o arquivo gerado em PDF. Pode ser que dê tudo certo, mas pode ser que apresente algum problema na hora da conversão, e assim algo como textura, sombra ou efeitos não saiam como o esperado.

Nesse sentido é preciso utilizar transparências, converter tudo o que tiver feito para bitmap CMYK com 300 dpi, e só depois gerar o PDF e seguir com a impressão.

Portanto, estando atento a essas dicas, não tem como cometer mais erros na hora de enviar os arquivos para impressão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *